ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como SUSPEITOS e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Esta página pode conter em seu conteúdo IMAGENS FORTES ou CHOCANTES para algumas pessoas. Se você é maior de 18 anos e tem certeza que deseja visualizar estas imagens, CONTINUE. caso contrário FECHE A PÁGINA.

Rolim de Moura - Recém-nascido é encontrado em estado de desamparo total

um verdadeiro desrespeito a vida humana

Fonte: alertarolim.com.br - Em POLÍCIA - 15/02/2013 08:39:27 hrs

Rolim de Moura - Recém-nascido é encontrado em estado de desamparo total

 

Na manhã desta última quinta-feira, uma guarnição da Polícia Militar, juntamente com uma guarnição do Corpo de Bombeiros e uma equipe do Conselho tutelar foram acionados a comparecer na Rua JK, no Bairro Cidade Alta, onde segundo informações havia um recém-nascido com apenas 29 dias de idade, que estava chorando a várias horas. Ao chegarem no local, fora constatado que a residência estava fechada por fora, sendo visualizado por uma fresta da porta, que o recém-nascido estava deitado no chão, em um canto da casa e sua genitora estava desacordada em cima de um colchão, sendo que foi chamada por várias vezes, porém, não apresentava reação alguma. 

 

Diante do ocorrido, foi arrombada uma das janelas, sendo o recém-nascido socorrido de imediato pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Municipal, sendo constatado que a genitora estava dormindo. segundo o Conselho Tutelar, na semana passada, estiveram no mesmo local atendendo uma solicitação idêntica a esta, onde o recém-nascido estava abandonado.

 

Foi encontrado no local, indícios de que se usa entorpecentes, tais como, caximbos para o uso de "Crack", pedaços pequenos de sacolas e um forte odor de drogas, bem como, já foi visto vários usuários de entorpecentes naquele local, o qual encontra-se em péssimas condições de higiene e limpeza. Com restos de comida, roupas sujas e apenas dois colchões velhos ao chão. 

 

A envolvida informou que o genitor do recém-nascido é usuário de drogas, bem como, o menor ainda não foi registrado. Diante do ocorrido o Conselho Tutelar ficaria sob sua responsabilidade no Hospital Municipal e sua genitora poderia ser apresentada na Delegacia da Mulher, para serem tomadas as providências cabíveis.

  • Compartilhe essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: POLÍCIA