ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como SUSPEITOS e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Esta página pode conter em seu conteúdo IMAGENS FORTES ou CHOCANTES para algumas pessoas. Se você é maior de 18 anos e tem certeza que deseja visualizar estas imagens, CONTINUE. caso contrário FECHE A PÁGINA.

Doses da Coronavac chegam à Rolim de Moura nesta terça (19)

Fonte: g1 - Em CORONAVÍRUS - 18/01/2021 09:53:00 hrs

Doses da Coronavac chegam à Rolim de Moura nesta terça (19)

As primeiras doses da vacina contra a Covid-19 que chegarem a Rondônia serão aplicadas nos profissionais que atuam na linha de frente do combate à pandemia. A previsão é que o avião que transporta as vacinas chegue a Porto Velho às 6h desta terça-feira (19). A informação foi repassada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau).
Idosos com mais de 75 anos também fazem parte da primeira etapa do Plano de Imunização, mas serão vacinados apenas com a chegada de mais lotes de doses.
A previsão inicial era que 33 mil doses fossem distribuídas para Rondônia, mas o número subiu para 49 mil após a adição de doses que serão destinadas a indígenas. Enquanto não acontece a chegada de uma segunda remessa, metade das doses serão guardadas para a segunda aplicação nos primeiros vacinados, conforme a Sesau.
Com isso, cerca de 24,5 mil rondonienses devem ser vacinados inicialmente.


 Em entrevista coletiva, nesta segunda-feira (18), o secretário Fernando Máximo, da Sesau, disse que o número de doses para cada município ainda está sendo redefinido pois a estimativa anterior contava com a vacina de Oxford/Astrazeneca.
O secretário defendeu que as aplicações comecem ao mesmo tempo, mas reconhece a dificuldade porque, pelo tempo de transporte, algumas cidades receberão as doses primeiro e podem começar a aplicação antes das outras.
O secretário não informou um horário específico para o início da vacinação, mas disse que já há uma pessoa definida para ser a primeira vacinada em Porto Velho.
 

Logística de distribuição
 
Conforme o secretário Fernando Máximo, a Central de Frios da Agevisa em Porto Velho tem três caminhões refrigerados para fazer a distribuição. Um dos veículos deve levar as doses para as cidades de Guajará-Mirim, Nova Mamoré, Candeias do Jamari e Itapuã do Oeste.
Os outros dois caminhões ficarão responsáveis por levar as vacinas até as regionais em Ariquemes, Cacoal, Vilhena, Ji-Paraná e Rolim de Moura.
Cada uma dessas cinco regionais do interior dispõe de um caminhão para levar as doses aos municípios da região que atendem.
Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Técnico-científica e Forças Armadas devem auxiliar no processo.

  • Compartilhe essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: CORONAVÍRUS