ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como SUSPEITOS e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Esta página pode conter em seu conteúdo IMAGENS FORTES ou CHOCANTES para algumas pessoas. Se você é maior de 18 anos e tem certeza que deseja visualizar estas imagens, CONTINUE. caso contrário FECHE A PÁGINA.

Cargas de madeira extraídas de Reserva Indígena são apreendidas pela PM, em Alto Alegre, durante Operação Hórus

Fonte: Alerta Rolim - Em POLÍCIA - 16/09/2020 11:36:00 hrs

Cargas de madeira extraídas de Reserva Indígena são apreendidas pela PM, em Alto Alegre, durante Operação Hórus

Na noite do último sábado (12), enquanto era realizada a Operação Hórus por equipes da Polícia Militar, foi apreendido dois caminhões com cargas de madeiras de lei, da essência garapeira, extraídas da Reserva Indígena.

A apreensão ocorreu na Zona Rural do município de Alto Alegre dos Parecis/RO. O motorista de um dos caminhão conseguiu fugir antes da aborgadem policial.

O motorista do segundo caminhão e outros suspeitos, que estavam em um automóvel foram abordados pelo transporte ilegal de essência e pela suposta participação na extração ilegal de madeira em área indígena (crime ambiental).

Os suspeitos foram conduzidos e apresentados na Delegacia de Polícia Civil em Santa Luzia do Oeste, onde foi registrada uma ocorrência policial.

De acordo com a polícia, as cargas de madeiras apreendidas são da Terra Indígena Rio Mequéns, cuja área é habitada pelos povos Makurap e Sakurabiat.

As operações vêm sendo desencadeadas constantemente pela PM, com foco nas áreas fronteiriças e nesta ocasião contava com policiais militares lotados no 10° Batalhão (Rolim de Moura), do 3° Batalhão (Vilhena), e da Polícia Militar Ambiental.

A Operação Hórus faz parte do Projeto Vigia – Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras, criado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública do Governo Federal. O projeto estratégico visa combater o crime organizado, fortalecer ações integradas e de inteligência blindando o país da entrada de ilícitos como: drogas, armas, munições e contrabandos.

Todos os estados fronteiriços recebem orientações diretas do governo federal através da Secretaria de Operações Integradas (Seopi). Em Rondônia, as ações realizadas na Operação Hórus são coordenadas pela Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec).

 

Siga o site ALERTA ROLIM nas redes sociais:

Instagram 

Facebook  

Youtube 

Whatsapp 

Outras imagens

Cargas de madeira extraídas de Reserva Indígena são apreendidas pela PM, em Alto Alegre, durante Operação Hórus
  • Compartilhe essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: POLÍCIA