ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como SUSPEITOS e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Esta página pode conter em seu conteúdo IMAGENS FORTES ou CHOCANTES para algumas pessoas. Se você é maior de 18 anos e tem certeza que deseja visualizar estas imagens, CONTINUE. caso contrário FECHE A PÁGINA.

Agente penitenciária pioneira que seguiu trabalhando, mesmo com câncer, morre aos 70 anos, em Vilhena

Fonte: folha do sul on line - Em Geral - 29/04/2020 05:42:00 hrs

Agente penitenciária pioneira que seguiu trabalhando, mesmo com câncer, morre aos 70 anos, em Vilhena

Faleceu por volta das 8:00h desta quarta-feira, 29, no Hospital Regional de Vilhena, aos 70 anos, a agente penitenciário Elma de Oliveira. Ela morava em Vilhena havia mais de três décadas, e enfrentava o câncer há quase 05 anos. A família ainda está definindo local do velório e data do sepultamento.

 
No ano passado, o FOLHA DO SUL ON LINE mostrou a luta de Elma, que trabalhava na Casa de Detenção de Vilhena. Mesmo diagnosticada com a doença, ela continuava em ação, conciliando a atividade com os tratamentos de radio e quimioterapia.


Elma ingressou no sistema prisional em 1991, e se disse honrada por ter sido a primeira mulher a assumir a direção do presídio de Vilhena. “Na época, a transmissão do cargo foi feita pela Polícia Civil, que assumia a unidade antes de mim. Foi um desafio, e ao mesmo tempo uma honra, pois, até então, o cargo tinha sido ocupado somente por homens”, disse, na época, em entrevista ao site.

  • Compartilhe essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Geral